48% dos brasileiros não confiam na mídia

Em um cenário pandêmico, marcado pela pós-verdade e fake news, pesquisa da Statista indica um dado preocupante: quase metade dos brasileiros entrevistados não confia nos meios de comunicação. A pesquisa foi realizada em todo país e mostra que a percepção negativa da imprensa vem aumentando ao longo dos anos.

Com a credibilidade em baixa do mainstream midiático, fontes alternativas de notícia (quase sempre duvidosas) acabam por contribuir para o repertório informacional das pessoas (e o resultado nem sempre é positivo), vide os constantes casos de fake news e desinformação seja sobre a esfera política ou sobre a pandemia, em especial, a vacina.

O primeiro passo para se vencer fake news é contar com um respeitado sistema midiático e, para isso, os meios de comunicação precisam repensar seu habitus (como diria Bourdieu) para voltar a conquistar a confiança do público.

Sites, blogs, jornais, rádios e tvs precisam lembrar que a comunicação é um direito básico do cidadão, por isso a informação precisa ter mais elementos da “verdade” do que “ideológicos”. Ou a imprensa e os seus profissionais mudam a forma de contar história, ou entraremos para a história como veículos de comunicação sem credibilidade perante a sociedade.

Deputado Arthur Lira ganha mais de 60 mil seguidores nas redes sociais

A eleição para a presidência da Câmara Federal entrou na agenda de parte da sociedade brasileira. O aumento de buscas sobre os candidatos e, consequentemente, o crescimento do número de seguidores nas redes sociais são as partes mais visíveis deste processo.

O deputado federal Arthur Lira (PP-AL), que contou com o apoio do presidente Jair Bolsonaro, foi eleito, no primeiro turno, com 302 votos (dos 505 votantes) mais que o dobro do segundo colocado, Baleia Rossi (MDB-SP).

Nas redes sociais e no sistema de busca (Google), Lira também saiu vitorioso, ganhando novos seguidores e sendo mais buscado no Google em 19 estados brasileiros.

De acordo com levantamento do LabCaos, no Instagram, o novo presidente da Câmara Federal conquistou 44.123 seguidores, 15.208 no Twitter e 4.169 novos seguidores no Facebook.

Hábitos de consumo digital em meio à pandemia

Em meio à pandemia, o comportamento dos usuários mudou. Comodidade, oferta e boa experiência com os produtos e serviços são algumas tendências do marketing digital.⠀

Pesquisa da Google sobre economia digital revela como os brasileiros têm procurado por produtos e serviços de startups durante a pandemia. ⠀

Estudo revela os deputados federais mais influentes nas redes sociais

Na terceira versão do estudo do LabCaos sobre a influência e popularidade dos deputados federais baianos no Facebook uma mudança significativa no ranking. Raimundo Costa (PR) segue na liderança, João Roma (PRB) subiu três posições e Dayane Pimentel (PSL) perdeu mais de 5 mil fãs após a polêmica com o clã Bolsonaro.

Conheça os deputados federais mais influentes no Facebook (93 downloads)

A pesquisa realizada pelo LabCaos, acompanha a performance e presença digital dos parlamentares nas redes sociais, analisou as páginas dos 39 membros eleitos para representar a Bahia na Câmara Federal. No estudo são identificados dois rankings; o ranking de influência – de acordo com o volume das conversações geradas pelos parlamentares – e o ranking de popularidade, que mede a quantidade da base de fãs registrada por cada deputado.

“No ranking de influência calcula-se a quantidade média de quantas vezes um fã interage com as postagens de uma página do parlamentar. É calculado dividindo-se a quantidade diária de reações, comentários e compartilhamentos pelo número de fãs. Já para definir a popularidade foi considerado o número da base de fãs de deputado”, explica o professor e responsável pelo estudo, Yuri Almeida.


Ranking
Em termos de influencia, Raimundo Costa (PR) manteve a liderança no ranking com taxa de 4,19%, seguido por Otto Alencar Filho (PSD), com 3,26%, João Roma (PRB), com 2,49%, professora Dayane Pimentel (PSL), com 2,27%, e Jorge Solla (PT), com 1,98% aparecem no top 5 do ranking.

Já quando o assunto são os deputados mais populares, o cenário foi semelhante a segunda edição. A liderança é de Pr. Abílio Santana (PR), com 459.824 fãs, seguido por Dayane Pimentel (PSL), 190.682, Nelson Pelegrino (PT), com 109.074, Arthur Maia (DEM), com 108.116, e Jorge Solla (PT), com 92.587 ocupam os cinco primeiros lugares.

Sobre o estudo
Realizado entre o dia 01 de agosto a 31 de outubro de 2019, o estudo foi feito a partir dos dados públicos disponibilizados pelo Facebook. Após raspagem, os dados foram estruturados e analisados pelo LabCaos, hub especializado em ciência de dados e gestão de mídias sociais. O estudo integra uma série especial sobre a presença e atuação dos parlamentares e instituições baianas nas redes sociais. As edições anteriores dos estudos podem ser vistas no site www.labcaos.com.br.

Baixar ebook Facebook em Sergipe

Ebook organizado pelo LabCaos, agência especializada em inteligência e monitoramento de dados, revela o perfil dos usuários do Facebook em Sergipe e a lista dos municípios sergipanos mais conectados na rede social. De acordo com o autor do ebook, o jornalista e mestre em Comunicação (UFBA), Yuri Almeida, atualmente 43% da população sergipana possui uma conta ativa no Facebook. As mulheres são maioria e 87% dos usuários acessa a rede social por meio dos dispositivos móveis.

O ebook pode ser baixado gratuitamente (90 downloads)

O autor do e-book explica que é importante compreender o perfil dos usuários e a penetração do Facebook em cada um dos municípios sergipanos para potencializar as estratégias de conteúdo, segmentação e presença digital de empresas, políticos e instituições.

“O e-book reúne indicadores importantes para se realizar uma comunicação mais assertiva, guiada por dados. Quando se compreende os dados demográficos e o comportamentos dos usuários torna-se mais ágil e eficiente produzir conteúdo específico para cada região e, o mais importante, direcionar para as pessoas que realmente tenham interesse em uma determinada informação”, explica Yuri Almeida.

Sobre o autor
Yuri Almeida é jornalista, mestre em Comunicação e Cultura (UFBA), professor e especialista em Marketing (USP). Trabalha com inteligência de dados e comunicação digital há 10 anos.

Sobre o LabCaos
O LabCaos é hub especializado em ciência de dados, inteligência e monitoramento de mídias sociais, centro de estudo, pesquisa e análise de dados, que presta serviços para empresas, instituições e políticos de todo Brasil.